Tida como certa pela oposição, a formação da chapa majoritária Ezequiel Ferreira governador e Walter Alves vice-governador, ainda não foi oficializada pelos partidos envolvidos, o PSDB e o MDB. O silêncio de ambos sobre o fato só aumentam as especulações de um futuro rompimento entre o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) e líder estadual dos tucanos e a governadora Fátima Bezerra (PT).

Conforme a apuração realizada pela reportagem do AGORA RN, nesta quarta-feira 16, a informação que circulou em blogs da Capital, dando como oficial o esperado rompimento político entre Ezequiel Ferreira e Fátima Bezerra, ainda não é verdade. Pelo menos, não agora. A suposição foi além, dando conta de que Walter Alves, deputado federal e presidente do MDB no Estado, já teria aceitado ser vice na chapa da oposição, após ter sido preterido por Fátima, que escolheu Carlos Eduardo para seu palanque.

Pessoas ligadas ao presidente da Assembleia Legislativa informaram que Ezequiel Ferreira está focado atualmente na construção das nominatas do PSDB para as eleições de outubro e garantiram que ele continua dialogando com todos, inclusive com as lideranças do PT no Estado.

Ao que parece, o grupo de oposição à governadora Fátima Bezerra no Rio Grande do Norte, que conta apenas com o nome do ministro Rogério Marinho (PL) ao Senado Federal, não deixa de montar possíveis cenários que representem seus interesses. Após o dia 1º de abril, a janela partidária estará fechada e o presidente da Assembleia deverá dar início à definição do seu rumo político eleitoral.

Movimentações continuam na ALRN

Além dos deputados estaduais Tomba Farias, Gustavo Carvalho, José Dias e Raimundo Fernandes, já filiados ao PSDB no Estado, o ninho dos tucanos potiguares deverá receber integrantes novos em breve.

A expectativa é que, até o final deste mês, os parlamentares Bernardo Amorim (MDB), Nelter Queiroz (MDB), Ubaldo Fernandes (PL), Kleber Rodrigues (PL), George Soares (PL), Albert Dickson (PROS), Getúlio Rêgo (DEM) e Galeno Torquato (PSD) cheguem de mala e cuia no PSDB. Além destes, Hermano Morais (PSB) e Eudiane Macedo (Republicanos) também devem virar tucanos, inclusive, já estão em negociações avançadas.

“Só quem fala por Ezequiel Ferreira é Ezequiel Ferreira”, diz PSDB

“Não procede essa informação. Essa decisão não foi tomada pelo PSDB. O Partido está focado nas nominatas de deputado. Só quem fala por Ezequiel Ferreira é Ezequiel Ferreira”, comunicou o PSDB, por nota oficial.

Agora RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem