Foto: REUTERS/SARAH MEYSSONNIER

A Polícia Civil de São Paulo prendeu um homem suspeito de ter invadido contas bancárias, entre elas uma de Neymar, e roubado repetidamente somas de dinheiro que totalizam mais de 200 mil reais, disseram autoridades paulistas.

A polícia informou que o suspeito trabalhava em um banco, cujo nome não foi revelado, em que o jogador do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira, além de seu pai, tinha conta.

O suspeito, de 20 anos, foi preso na quarta-feira (9) “por fraudar clientes de um banco”, afirmou em nota a Polícia Civil.

“O rapaz que foi preso pegou a senha do seu companheiro de sala e começou a fazer pequenos furtos de dinheiro de pessoas famosas e de quem tinha um poder aquisitivo alto para eles não perceberem”, disse Fabio Pinheiro Lopes, diretor do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

“Ele foi fazendo [furtos] de 10 mil reais, 20 mil reais, depois fez de 50 mil reais e, aí, totalizou 200 mil reais. Ouando [os clientes] descobriram, procuraram o banco e [os valores] foram ressarcidos.”

Lopes disse que uma das contas afetadas era de Neymar e que seu pai provavelmente controlava os recursos. O assessor de imprensa de Neymar não comentou o caso quando foi contatado pela Reuters.

R7


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem