Pelo menos 34 pessoas morreram no município de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, em decorrência das fortes chuvas de terça-feira (15). A prefeitura decretou estado de calamidade pública devido ao acumulado de chuva na cidade.

A Defesa Civil acionou todas as sirenes de alerta para mobilização da população. Os moradores de área de risco estão sendo direcionados aos pontos de apoio, que foram abertos para o suporte nas respectivas localidades. O acumulado de chuva chegou a 126 milímetros em apenas uma hora. Nas últimas seis horas, foram 260 mm. A média máxima para o mês é de 232.

A cidade registrou só nesta terça-feira cerca de 200 ocorrências relacionadas às chuvas de acordo com a Defesa Civil de Petrópolis, sendo 167 deslizamentos. Além de causar soterramento, as chuvas ainda provocaram inundações, quedas de árvores e pessoas ficaram ilhadas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal do Rio de Janeiro (PRF-RJ), o “km 82 da subida da serra de Petrópolis permanece em meia pista devido à queda de uma barreira, com passagem restrita a veículos de passeio. Equipes da Concer mobilizadas para desobstruir a pista. [A] praça de pedágio em Caxias foi preventivamente interditada no sentido Juiz de Fora, mas deve ser liberada em breve.”

CNN Brasil



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem