O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) pediu à Justiça que declare a falência da Viação Itapemirim e da ITA Transportes Aéreos e que também seja determinado o bloqueio judicial dos bens do empresário Sidnei Piva de Jesus. No pedido, de acordo com reportagem do jornal O Globo, o MP alega que foram encontrados indícios de irregularidades cometidas por Piva e pelos demais gestores visando descapitalizar a Itapemirim e usar os recursos da empresa de viação, que está em recuperação judicial, para constituir a empresa aérea.  

Segundo o promotor  Nilton Belli Filho, a interrupção repentina das operações da ITA Transportes Aéreos implica em uma série de despesas que, terão consequências sobre a viação, que não vem pagando credores e funcionários e recentemente anunciou o cancelamento de rotas de ônibus. O pedido para que a Justiça decrete a falência e bloqueie os bens do empresário foi feito no dia 29 de dezembro.

“Os subsídios ora colacionados (conferidos) dão conta de que o sócio Sidnei Piva teria fomentado, mesmo tacitamente ao previsto no plano de recuperação, a atividade de transporte aéreo, inclusive com realização de empréstimos com aparência de fraude, com a constituição de pessoas jurídicas no exterior mediante aporte de recursos vultosos que, em tese, pode derivar para evasão de divisas e outras ilicitudes”, diz um trecho do documento do MP.

Brasil 247



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem