Banner 1

 


Levantamento da Secretaria Municipal da Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU) aponta que o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) apreendeu somente nos meses de julho e agosto deste ano mais de cinco toneladas de alimentos impróprios para o consumo humano.

Foram apreendidos pouco mais de 4,7 mil quilos de carne sem a adequada condição de consumo e em torno de 360 quilos de pescado numa barreira sanitária realizada na BR-304 na semana passada. As carnes foram apreendidas em abatedouros clandestinos nas zonas urbana e rural do município.

Recentemente, o SIM executou diversas ações de fiscalização em locais clandestinos. Eles estavam produzindo alimentos irregularmente. Os abatedouros clandestinos não apresentavam condição higiênico/sanitário adequada para a produção dos alimentos.

Também nesses locais foram encontrados equipamentos e utensílios inapropriados e sucateados para a produção de alimentos. A oxidação desses equipamentos pode causar a contaminação desses produtos de origem animal e trazer sérios riscos à saúde das pessoas, podendo levar, inclusive, a óbito de acordo com a gravidade da toxinfecção alimentar.

O Serviço de Inspeção Municipal trabalha diretamente na fiscalização dos produtos de origem animal que precisam ser registrados nos órgãos oficiais de inspeção. O órgão tem a finalidade de combater a clandestinidade na produção desses alimentos, ou seja, os estabelecimentos que não têm registro no órgão de inspeção oficial.

Também é importante ressaltar que o SIM trabalha no combate à clandestinidade mediante denúncia por informações anônimas das pessoas. Para denunciar o local que produz, basta ligar para o número 3315 5189, que é número da Secretaria de Agricultura. A denúncia será repassada à equipe do Serviço de Inspeção. A identidade do denunciante ficará em sigilo.



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem