Banner 1

 


O WhatsApp informou que não limitará o funcionamento do aplicativo para aqueles que “ainda não aceitaram a atualização” da política de privacidade. Em vez disso, a empresa exibirá lembretes contínuos aos usuários sobre os novos termos.

A informação consta em nota do WhatsApp publicada na 5ª feira (24.mai.2021) pelo The Next Web. Antes, a empresa afirmava que restringiria certas funções para os usuários que não aceitassem os novos termos passadas “várias semanas” do prazo final para a mudança.

As diretrizes do WhatsApp foram atualizadas em 15 de maio. O aplicativo passou a ter novas funções comerciais e usuários desse tipo passaram a ter suporte do Facebook – dono do WhatsApp.

A mudança causou receio de que dados dos usuários pudessem ser compartilhados com o Facebook, possibilidade que o WhatsApp negou. Apesar disso, a nova política aumentou a busca por concorrentes.

O Poder360 comparou o WhatsApp com 2 de seus principais concorrentes, o Telegram e o Signal. Entenda as diferenças entre os aplicativos nesta reportagem.


NOVAS FUNÇÕES DO WHATSAPP

O aplicativo tem, desde 21 de maio, a possibilidade de acelerar a reprodução de áudios. O WhatsApp também estuda um recurso para  transferir histórico entre iOS, da Apple e Android.

Hoje, a transferência só é possível quando a troca é feita no mesmo sistema operacional. Por exemplo, quando o usuário compra um novo modelo de iPhone.

Poder 360


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem