Banner 1

 

A Prefeitura de Mossoró por meio da Secretaria Municipal de Finanças efetuou o pagamento dos cachês dos artistas que participaram do filme Chuva de Bala no País de Mossoró. Os atores, atrizes, bailarinos e músicos participantes da obra cinematográfica receberam cachê no valor de R$ 2 mil. Os cachês foram pagos após conclusão da edição do filme para inclusão nos processos de pagamentos para comprovação, que é um procedimento obrigatório para liberação de recursos do município. A geração de renda para os artistas da terra é uma das iniciativas da Secretaria Municipal de Cultura do Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual.

Mais de 100 pessoas participaram do Chuva de Bala, dentre eles 72 artistas de 16 grupos e outros artistas independentes envolvidos diretamente no filme, entre bailarinos, atores, atrizes e músicos. Não houve distinção de cachês entre os artistas e todos receberam o mesmo valor. Além de preservar a tradição de contar a história de resistência de Mossoró ao Bando de Lampião, o filme é uma importante iniciativa para geração de renda para os artistas que estão sofrendo os impactos da pandemia da Covid-19 nas atividades culturais.

“Nosso objetivo principal neste momento é trabalhar geração de renda para os artistas e atores, bailarinos e para os músicos do município de Mossoró. Então, a gente quanto Secretaria de Cultura e Prefeitura de Mossoró temos esse objetivo de trabalhar com a geração de renda fundamentado, principalmente, na questão dos cachês que serão pagos a todos os artistas que participarão do Cidade Junina Virtual”, destacou o secretário municipal de Cultura Etevaldo Almeida.

Leia mais em: MCJ Virtual terá filme do Chuva de Bala no País de Mossoró gerando renda para mais de 100 artistas e técnicos


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem