Banner 1

 

O paciente de Covid que teve festa de aniversário dentro da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Belo Horizonte, em Mossoró, morreu no domingo, 27. A comemoração do aniversário do homem de 58, com direito a bolo e vela, ocorreu no início deste mês. As imagens viralizaram nas redes sociais e o caso ganhou repercussão em todo o País.

Relembre o caso:

Secretaria abre processo administrativo e adverte servidores que fizeram aniversário em ala covid

Ele havia sido transferido para a unidade de tratamento intensivo do Hospital São Luiz (hospital de campanha) no dia 7 de junho - a segunda-feira seguinte ao fim de semana em que a festa de aniversário foi registrada. Não resistiu.

O vídeo mostra várias pessoas entrando na sala da unidade de saúde com um bolo cheio de velas. Elas cantam "parabéns" para um paciente que está com uma máscara de oxigênio. Em seguida, uma pessoa o ajuda a tirar a máscara e ele sopra as velas.

Na sequência, o vídeo mostra uma profissional de saúde falando que vai partir o bolo, que só não poderá ser consumido pelos diabéticos.

As cenas mostraram a completa falta de respeito aos protocolos sanitários e a ausência de comando na unidade de saúde, que deveria ser referência para o enfrentamento da pandemia em Mossoró.

A prefeitura abriu processo administrativo para apurar responsabilidades de servidores envolvidos na festa, no entanto, ainda não houve resultados.

Com informações do Jornal De Fato


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem