Banner 1

 


A Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró advertiu os servidores da Unidade de Pronto Atendimento do bairro Belo Horizonte, em Mossoró, que promoveram uma festa de aniversário do paciente Antonio Roberto Silva Siqueira, de 57 anos, diagnosticado com a covid-19, com bolo e soprando velas.

A festa de aniversário foi terça-feira, dia 8. No mesmo dia, o paciente foi transferido, através do SAMU, para o Hospital de Campanha São Luiz (HCSL), de Mossoró/RN, com quadro de piora, sendo necessário intubá-lo.

Além de advertir, também abriu um processo administrativo para investigar a conduta da equipe que promoveu a festa gerando riscos de contaminação pela covid-19, além da possibilidade de riscos de incêndio, devido aos equipamentos de oxigênio ficarem perto das velas acessas.

O HCSL informou que o paciente se encontra internado na UTI, de acordo com o boletim médico da tarde de quinta-feira (10), ele estava em 100% de oxigênio ontem e respondeu muito bem. Já está em 35% de oxigênio e evoluindo na recuperação do oxigênio. É provável que nesta sexta-feira já comece o processo de extubação.

Confira a nota divulgada pela PMM:

Em virtude das imagens divulgadas nas redes sociais e na imprensa a respeito de comemoração de aniversário de paciente com Covid na UPA do Belo Horizonte, a Prefeitura Municipal de Mossoró esclarece:

A Gestão Municipal não compactua com a ação ocorrida na Unidade de Pronto Atendimento, prezando sempre pelo cumprimento das normas de biossegurança, necessárias em razão da pandemia.

Informa ainda que foi solicitada abertura de sindicância para investigar as circunstâncias do ocorrido e serão tomadas todas as medidas necessárias para que tal ação não venha a ocorrer novamente.

10 de Junho de 2021

Secretaria de Comunicação Social

Prefeitura Municipal de Mossoró


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem