Banner 1

 

Preservado e repaginado, após 422 anos de sua primeira edificação, o Forte dos Reis Magos é mais um equipamento cultural devolvido aos potiguares. Fechado para visitação desde 2018, o Forte foi restaurado e reaberto com apresentações musicais e exposições num Tributo à Natal na tarde de sábado, 25, dia de aniversário da capital do Rio Grande do Norte. Através do Projeto Governo Cidadão, o Governo do Estado investiu R$ 4,3 milhões na obra, com recursos financiados pelo Banco Mundial.

“Estamos vivendo um momento histórico para a cultura do nosso Estado. E o restauro do Forte dos Reis Magos representa um desses momentos. Devolvemos ao Rio Grande do Norte um importante pedaço da nossa história, da nossa cultura e do nosso turismo. Viva a revitalização da nossa cultura”, comemorou a governadora Fátima Bezerra, acompanhada do vice-governador, Antenor Roberto.

A entrega do Forte integra um conjunto de obras de reforma e restauro de nove equipamentos culturais do Rio Grande do Norte concluídas na gestão da professora Fátima Bezerra, totalizando investimentos na ordem de R$ 32 milhões.

Ao expressar a alegria por ter cumprido o compromisso firmado com a sociedade potiguar de conclusão das obras de reforma e restauração de todos os equipamentos culturais até o final de dezembro de 2021, a chefe do Poder Executivo do Estado afirmou que “preservar e zelar o patrimônio do povo potiguar deve ser uma obrigação de todo governo”.

O compromisso do Governo do RN com a cultura foi reforçado pelo secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, que coordena o Projeto Governo Cidadão. “A entrega do Forte encerra um ciclo de reaberturas e tem um simbolismo sem tamanho, de resgate e preservação da nossa história no dia do aniversário da nossa cidade”, avaliou.

A partir de domingo (26), o Forte fica aberto ao público das 9h às 16h. O acesso ao Forte será gratuito até março de 2022.  A obra de restauração foi concluída em outubro deste ano. Maior e mais antigo marco cultural de Natal, a reabertura do Forte ocorre no momento em que disputa o título de Patrimônio Mundial da Humanidade junto à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO.

“A autoestima do povo natalense está elevada com todos os prédios históricos sendo devolvidos com beleza e encanto. Pedimos que a benção do Deus todo-poderoso seja derramada neste lugar”, afirmou o padre Francisco Lima, da Paróquia da Sagrada Família e do Santuário dos Santos Reis Magos.



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem