Banner 1

 


A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (11), uma operação de combate a organização criminosa que rouba e revende cargas de cigarros contrabandeados. Um policial penal do Ceará e um policial militar do RN foram presos.

Foram apreendidos uma arma de fogo, colete balístico, um simulacro e um veículo. A PF não detalhou a participação do PM e do policial pena na organização criminosa.

Investigações

De acordo com a PF, a investigação teve início em 2020 após a prisão de um policial penal - o mesmo detido nesta quinta (11)-, em julho de 2020, na cidade de Assu. Na ocasião o homem foi flagrado roubando 8 caixas de cigarros contrabandeados da residência de um comerciante local.

A PF apurou que o agente penal se dedicava intensamente ao comércio de cigarros contrabandeados, além de outros ilícitos graves, como roubos de entorpecentes e armas.

Ainda segundo informações da PF, a organização criminosa contava ainda com o apoio de um sargento da Polícia Militar do RN, um ex-funcionário da Prefeitura de Parnamirim, um comerciante do bairro do Alecrim e de outros acusados, alguns inclusive, com passagens anteriores pelo sistema penitenciário.

Cerca de 25 policiais federais e uma equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar do RN participaram da operação.

G1/RN



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem