Banner 1


A violência não dá trégua no Rio Grande do Norte neste final de ano.  Todas as regiões do estado registram homicídios e as mulheres têm sido um alvo fácil de criminosos. Na tarde de sábado, 20 de novembro, mais um caso de assassinato.

O palco da ação criminosa foi a cidade de São Gonçalo do Amarante, região da Grande Natal, onde uma mulher identificada como Leiliane Machado da Silva, que tinha 30 anos de idade, foi morta a tiros em plena via pública, em frente ao restaurante onde há poucos dias pai e filha foram assassinados.

Segundo informações da Polícia Militar, a mulher morta no sábado era proprietária de um lava-jato naquela localidade. A mesma foi surpreendida por dois homens que chegaram ao local de moto, chamaram a vítima e abriram fogo contra ela. Leiliane morreu na hora.

A motivação do crime e a identidade dos executores ainda são desconhecidos da polícia, mas a policia não descarta a hipótese de que Leiliane possa ter sido morta por queima de arquivo. Supostamente ela teria presenciado o assassinato do dono do restaurante e de sua filha, crimes ocorridos na última quarta feira (17) naquele mesmo local.

Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem