Banner 1

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, a substituição do termo “golpe de 1964” por “revolução” na prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta 6ª feira (19.nov.2021).

O Portal Poder360 procurou o Ministério da Educação, mas não recebeu resposta.

Segundo a Folha, a solicitação teria sido feita no 1º semestre. Na última semana, Bolsonaro disse que agora as questões do Enem “começam a ter a cara do governo” e que a prova não repetirá “absurdos” do passado.

Questões consideradas “sensíveis” pelo governo Bolsonaro podem ter sido retiradas do Enem depois de “leitura crítica” de autoridades do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais).O governo, no entanto, nega interferência.

O vice-presidente Hamilton Mourão disse que não houve alterações na prova, e que o exame segue a metodologia do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Na semana passada, 35 servidores pediram demissão dos atuais cargos do Inep alegando “fragilidade técnica e administrativa” da atual gestão do órgão.

Depois de diversas críticas, o presidente Jair Bolsonaro declarou não ter visto questões do Enem.“Não vi. Eu não vejo, não tenho conhecimento”.

Poder 360



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem