Banner 1

 


O Coordenador de Análises Criminais da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do RN (Sesed-RN), Ivênio Hermes, teve sua exoneração publicada oficialmente na quarta-feira (10) no Diário Oficial do Estado. Ele se envolveu recentemente em uma discussão e efetuou vários disparos de arma de fogo contra a casa de um vizinho. Com isso, ele acabou sendo preso e terá que pagar uma fiança de 40 salários mínimos, além de cumprir medidas cautelares.

“O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, EM EXERCÍCIO, no uso das suas atribuições constitucionais, R E S O L V E exonerar, a pedido, IVÊNIO DO ESPÍRITO SANTO HERMES JUNIOR do cargo de provimento em comissão de Coordenador de Informática e Estatística e Análise Criminal, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED)”, diz o documento.

A publicação é assinada pelo vice-governador Antenor Roberto, que comanda a chefia do executivo estadual de maneira temporária, em conjunto com o Coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, titular da SESED.

Clique AQUI para ler a íntegra do documento com a exoneração

Histórico

O coordenador de Análises Criminais da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do RN (Sesed-RN), Ivênio Hermes, foi levado para à Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal. O caso aconteceu na noite de segunda-feira (08) após uma discussão que culminou em disparos de arma de fogo em um condomínio. Ele foi autuado por disparos de arma de fogo e ameaça. 

De acordo com o que foi apurado, ele teria se desentendido com um vizinho e efetuou disparos com uma arma. A Polícia Militar foi acionada e o levou para a delegacia. Segundo a vítima contou em entrevista, os filhos estavam sendo acusados de tocar a campainha da casa de Ivênio repetidas vezes e ele teria se irritado com as crianças. “Ele chegou dentro da minha casa e atirou”, contou.

Ivênio Hermes é cientista criminal, coordenador de pesquisa do Observatório da Violência do Rio Grande do Norte (Obvio) e ex-policial federal. Atualmente, ele ocupava o posto de coordenador de Análises Criminais da Sesed-RN.

Agora RN


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem