Banner 1

 


Os momentos de desespero ainda estão claros na memória de Luzia Rocha, que viu seu filho de menos de um ano de idade engasgar e ficar sem fôlego, na tarde de terça-feira (2), feriado de Finados, em Natal.

A criança foi salva pela ação de policiais rodoviários federais, que pararam na BR-101, na Zona Sul da capital potiguar, e fizeram manobras de desengasgo.

Nesta quarta-feira (3), Josué Levi completa 11 meses de vida. Um dia após o incidente, a mãe contou que o menino está bem e falou de toda a gratidão que sente pela ação dos agentes de segurança pública.

"Eles chegaram no momento certo, enviados por Deus, porque eu vi meu filho morto nos meus braços, estava muito aperreada e Deus mandou aqueles anjos", disse Luzia da Rocha.

Josué Levi tinha sido levado ao hospital porque estava apresentando febre e garganta inflamada. Após realizar exames, a família voltava para casa. Foi quando menino engasgou com o leite da amamentação.

Eles pararam o carro na BR-101, próximo ao viaduto de Ponta Negra, e pessoas tentaram socorrer a criança. Uma viatura da Polícia Rodoviária Federal que passava pelo local foi chamada pela população e os agentes realizaram a manobra de desengasgo.

Luzia conta que, diante da situação, sequer percebeu quando o carro da PRF parou para ajudar. A manobra foi feita pelo PRF João Felipe Pandolphi.

"Já tinha um cidadão tentando fazer procedimento para desobstrução das vias aéreas, mas até aquele momento o bebê não apresentava reação. Resolvi pegar a criança nos braços, posicionei, fiz o procedimento e felizmente o bebê reagiu positivamente", relatou.

"A gente fica feliz em poder ajudar e cumprir nossa principal função que é salvar vidas", comentou o agente.

Após o salvamento, a criança foi levada na própria viatura da PRF ao Hospital Walfredo Gurgel, onde passou por atendimento médico e foi liberada para ir para casa.

Nesta quarta (3), o menino já estava mais animado, andando e brincando em casa.

"Vou ser eternamente grata a eles (PRFs). Com certeza, quando Josué crescer e entender mais vai ter um reencontro com eles, para agradecer. Ele foram anjos enviados por Deus", disse a mãe.

G1/RN


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem