Banner 1

 


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) começou a distribuir na quinta-feira (28) mais de 58 mil doses de vacinas contra a Covid-19. A maior parte do lote - 29.461 vacinas - vem da reserva técnica e está sendo distribuída a partir de um acerto entre a gestão estadual e os municípios para cobrir parte do déficit de segunda dose do imunizante Astrazeneca/Fiocruz.

A falta das doses é ocasionada pelo atraso na remessa por parte do Ministério da Saúde dentro do prazo para completar o esquema vacinal. Em levantamento feito recentemente, a Sesap constatou junto às gestões municipais que estão em falta 70.864 doses de Astrazeneca, o que contribui para o contigente de mais de 200 mil potiguares que não completaram sua vacinação dentro do prazo.

Assim, Sesap e municípios acertaram, dentro da Câmara Técnica de Vacinas, a utilização do imunizante da Pfizer como segunda dose para quem tomou Astrazeneca. A medida segue estudos realizados dentro e fora do Brasil que comprovam a eficácia da utilização da Pfizer nestas condições. 

Desta forma, foram retiradas 20.346 doses de Pfizer da reserva técnica, que é guardada pela Sesap por orientação do ministério, e encaminhadas aos municípios para utilização como D2. A estratégia é complementada por mais 9.125 vacinas da Astrazeneca, que também estavam na reserva técnica, cobrindo 41,5% do déficit apresentado pelos municípios.

O lote encaminhado às cidades, com apoio das forças de segurança pública do Rio Grande do Norte, é complementado por mais 28.824 unidades de Pfizer, destinadas para D2 do público adulto que iniciou o processo de imunização há cerca de oito semanas.

Novas remessas

O Ministério da Saúde sinalizou na quarta-feira (27) que deverá encaminhar ao RN, dentro dos próximos dias, 439.570 doses de vacinas. Parte desse quantitativo é fruto de um pedido da Sesap para o ajuste na quantidade de doses da Astrazeneca que estão em atraso.

De acordo com a nota técnica emitida pelo órgão federal, serão recebidas em solo potiguar 110 mil doses de Astrazeneca. Outras 281.600 unidades de Coronavac também são fruto da requisição feita pela Sesap, para ampliar a cobertura vacinal entre os adultos que ainda não iniciaram seu esquema de imunização. 

O restante da remessa, segundo o MS, terá ainda 47.970 Pfizer, a serem utilizadas como reforço em idosos (18.720) e profissionais da saúde (29.250).

De acordo com o RN+ Vacina, até o início da manhã desta quinta-feira, mais de 4,4 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 já tinham sido aplicadas no estado. A cobertura para o público acima dos 12 anos chega a 79% da população (2,5 milhões de pessoas) entre os que tomaram ao menos uma dose e 55% com duas doses (1,7 milhão). Até o momento, pouco mais de 140 mil potiguares tomaram a dose de reforço.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem