Banner 1

 


A Polícia Rodoviária Federal realizou no domingo, dia 24, a Operação Asas Livres, através da qual  libertou 98 aves silvestres de cativeiros ilegais e prendeu oito pessoas foram presas.

Os policiais também apreenderam com os suspeitos 4 pepas, 2 tamanduás mirins e 2 tatus, já mortos. Os acusados foram conduzidos à presença da autoridade de Polícia Civil da região.

Os agentes da PRF decidiram realizar o trabalho nos municípios de João Câmara, Jandaíra e Poço Branco, após receberem denuncias de caça, criação e venda ilegal de mamíferos e aves silvestres.

Dois oito presos, 3 eram caçadores. Eles estavam com os animais silvestres já mortos. Os outros 5 estava mantendo aves silvestres em cativeiro (gaiolas), o que a Lei 9.605 proíbe.

Na primeira abordagem, na Lagoa do Serrote, território do município de João Câmara, os policiais rodoviários federais apreenderam 78 aves em gaiolas. Depois  mais 20 na cidade de Jandaíra.

Os pássaros foram entregues a Polícia Ambiental, do Parque das Dunas, para registrar e devolvê-los a natureza.

A Assessoria da PRF informou que a Operação Aves Livres continua durante a semana, devendo ser divulgado nesta segunda-feira, 25, uma parcial do trabalho até agora.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem