Banner 1

 

A primeira-dama Michelle Bolsonaro ajudou aliados da família Bolsonaro a ter preferência na obtenção de créditos emergenciais com juros baixos por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). A lista dos beneficiados foi divulgada pela revista Crusoé.

De acordo com a reportagem, esquema era organizado pela primeira-dama em conjunto com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Empresas interessadas procuraram por Michelle Bolsonaro, que enviou as listas ao gestor da Caixa, que atendia a demanda imediatamente. As operações se deram em uma agência da Caixa na cidade de Taguatinga (DF).

O esquema foi descoberto no sistema de controle interno da Caixa, e chamou a atenção do sistema por fugir do procedimento normal de operações de crédito do banco. Além disso, o esquema viola o princípio da impessoalidade ao dar preferência a pessoas específicas próximas da cúpula de poder.

Congresso em Foco


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem