Banner 1

Alvinegro consegue a vitória por 1 a 0 em Natal, mas time goiano fica com a vaga para enfrentar o Campinense na decisão por ter ganhado por 4 a 2 na ida


Aparecidense na final

A Aparecidense vai enfrentar o Campinense na final da Série D do Campeonato Brasileiro. Com a vantagem de ter vencido o confronto de ida por 4 a 2, em Aparecida de Goiânia, o time goiano conseguiu a classificação mesmo com a derrota por 1 a 0 para o ABC, neste domingo, em Natal. O Alvinegro martelou até o fim pelo segundo gol, que levaria a decisão da vaga para os pênaltis, mas não conseguiu. Marcos Antônio ainda acertou as duas traves em chute de fora da área, para o desespero dos 5 mil torcedores que foram ao estádio Frasqueirão.


ABC vence, mas Aparecidense se classifica (Foto: Alexandre Lago)


Decisão

As finais da Série D estão marcadas para os dos próximos domingos, 7 e 14 de novembro. O primeiro jogo será em Campina Grande, e o segundo em Aparecida de Goiânia.


Reconhecimento

Mesmo após a derrota por 4 a 2 no jogo de ida, a torcida do ABC fez o papel dela, foi ao Frasqueirão e incentivou a equipe até o fim. A classificação não veio, mas os torcedores souberam reconhecer o esforço dos jogadores, principalmente porque o principal objetivo do ano já havia sido conquistado - o acesso à Série C. O Alvinegro dominou a partida, mas não conseguiu furar o bloqueio goiano para ampliar o placar na segunda etapa. O próximo compromisso do ABC é contra o Sousa, marcado para o dia 17, mas que poderá ser antecipado.


Frasqueirão recebeu 5 mil torcedores neste domingo (Foto: Augusto César Gomes)


Primeiro tempo

O ABC teve o controle do jogo, mas a Aparecidense ainda se aventurou ao ataque nos primeiros minutos. Rafa Marcos teve a chance de abrir o placar, mas parou no goleiro Welligton. Os donos da casa foram mais eficientes e conseguiram o gol aos 19 minutos. Wallyson cobrou o escanteio e Vinicius Paulista subiu para fazer de cabeça. Rodriguinho, em cobrança de falta, exigiu boa defesa de Welligton. Felipinho respondeu para o ABC em batida rasteira que assustou Pedro Henrique.


ABC dominou a Aparecidense, mas não conseguiu classificação (Foto: Rennê Carvalho/ABC)


Segundo tempo

Na segunda etapa, a primeira oportunidade também foi da Aparecidense, com Gilvan, mas o chute cruzado saiu descalibrado. Depois disso, o time goiano só se defendeu, tentando encaixar o contra-ataque e ganhando tempo. O ABC se mandou para frente e quase marcou em chutaço de Negueba, defendido por Pedro Henrique. Nos acréscimos, em lance incrível, Marcos Antônio arriscou de longe, a bola tocou nas duas traves e não entrou. Não era dia do ABC. 


*Globo Esporte 

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem