Banner 1

 


O clima esquentou na sessão ordinária desta quarta-feira, 01 de setembro de 2021, na Câmara Municipal de Mossoró.

O vereador Raério Emídio (PSD) usou o seu tempo para criticar a mudança de posicionamento da casa. Segundo o parlamentar, essa mudança está condicionada a quem ocupa o Palácio da Resistência. O principal alvo das críticas foi o vereador Francisco Carlos que, no entender de Raério e de outros parlamentares, tentou desqualificar a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Embora Raério não tenha citado qualquer nome em seu discurso, a vereadora Larissa Rosado (PSDB) se sentiu ofendida. A parlamentar viu no desabafo do vereador uma crítica à sua mãe, a ex-vereadora Sandra Rosado, e pediu a palavra ao presidente Lawrence Amorim (Solidariedade) para rebater o colega.

“Eu falei vereadora, falei seu nome?” Questionou Raério.

“Vereadora que é minha mãe”, rebateu Larissa.

“Sim, mas eu falei seu nome?”, insistiu o vereador.

"Não vou ficar aqui batendo boca", disse Larissa. 

Visivelmente contrariado, Raério Emídio se retirou da sessão enquanto Larissa Rosado usava o seu tempo para rebater as críticas do parlamentar e discorrer sobre a importância da atual CCJ.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem