Banner 1

 


Levantamento mais recente da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) mostra que Mossoró tem 7.313 pessoas em atraso com a segunda dose da vacina contra a Covid-19, ou seja, tomaram somente a primeira e são classificadas como parcialmente vacinadas.

O número foi divulgado nesta sexta-feira, 3, e é atualizado constantemente com as pessoas tomando a D2 e novos cidadãos sendo inclusos no banco de dados da pasta estadual que ainda não voltaram a uma sala de vacinação para encerrar o ciclo vacinal.

Os dados mais recentes apontavam 2.785 cidadãos em atraso com a segunda dose da CoronaVac/Butantan, 3.650 pessoas com a segunda dose da Oxford/AstraZeneca em atraso e 506 da Pfizer.

A Sesap informou na última quinta-feira, 2, que as pessoas que tomaram a D1 até 8 de julho já podem se dirigir a um dos locais de vacinação para tomaram a D2 e finalizar o esquema vacinal. Os cidadãos que se enquadram nesse grupo e receberam a primeira dose da Pfizer devem procurar o ginásio do Sesi neste sábado. Já para os que tomaram a AstraZeneca, devem procurar, além do ginásio do Sesi, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Mossoró registrava até o encerramento desta edição 38% da população adulta, acima de 18 anos, totalmente vacinadas. Esse grupo representava aquelas pessoas que tomaram as duas doses ou a dose única.

De acordo com o RN Mais Vacina, ferramenta que acompanha em tempo real a vacinação contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte, o município contabilizava 87.857 pessoas nesta situação, sendo 82.772 que receberam as duas doses e 5.085 a dose única (Janssen). O percentual de pessoas parcialmente vacinadas é de 86%. Segundo o sistema, 190.413 pessoas receberam a primeira.

Na noite da última quinta-feira, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte recebeu 8.002 doses. Para a primeira dose (D1) foram entregues 5.172 doses, sendo 5.088 doses da CoronaVac, do Instituto Butantan, e 84 doses da Pfizer. Já para a segunda dose (D2), o número de doses para aplicação nos mossoroenses chegou a 2.830.

“O reforço de mais de cinco mil doses exclusivas para a primeira aplicação chega em um bom momento, porque o município promove edições da campanha Mossoró Vacina nos finais de semana. Neste, já estaremos atendendo novamente o público de adolescentes grávidas de 12 anos, bem como da população em geral sem comorbidades da faixa dos 18 anos ou mais”, explica Etevaldo Lima, coordenador de Imunizações.

É importante destacar que, as pessoas que ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 devem buscar as salas de vacinação para iniciar o esquema vacinal. As vacinas são seguras e eficazes no combate à doença.

Edinaldo Moreno/do Jornal De Fato



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem