Banner 1

 


Não poderia ter sido melhor a passagem de Mossoró pela 7ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do Rio Grande do Norte (7ª FEMPTUR), realizada neste fim de semana, no Centro de Convenções, em Natal.

Na sexta, 17, e sábado, 18, vários municípios do RN estiveram representados no evento, expondo suas potencialidades econômicas, entre eles a capital do Oeste potiguar.

A participação de Mossoró no evento se deu pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDAT), em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (COEX-RN).

Em seu estande, bastante visitado por populares, outros expositores e agentes ligados ao turismo no Estado, Mossoró chamou a atenção pela diversidade e capacidade econômica nas áreas de turismo e produtos.

A fruticultura irrigada e o sal representaram bem a potencialidade produtiva do município, bem como os eventos de negócios. Para completar, a riqueza cultural, lapidada através do turismo de eventos, um braço forte no desenvolvimento econômico da cidade, teve seu brilho reconhecido.

Mossoró terminou agraciada com o prêmio “Reconhecimento Turismo Cultural”, pela realização do Mossoró Cidade Junina Virtual 2021, que engloba atrações musicais, apresentação de quadrilhas e o espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró.

“Todo esse repertório, tudo que foi apresentado no MCJ Virtual fez com que Mossoró recebesse esse prêmio. Isso se junta aos outros espetáculos culturais, a força da nossa economia e outros atrativos culturais, que é um turismo muito forte e vivo”, declarou o prefeito Allyson Bezerra, que esteve presente durante todo o evento.

Para Franklin Filgueira, titular da SEDAT, a participação de Mossoró na 7ª edição da Femptur foi destacada.

“Nós tínhamos o que mostrar. Nossos produtos, nossa cultura e nossa história são fundamentais do ponto de vista turístico, além de outros atrativos que estão relacionados. Pra nós foi bastante significativo. Estabelecemos parcerias e estreitamos conversas com outros municípios no sentido de aumentar a abrangência de Mossoró como polo turístico”, comemorou o secretário.

A participação de Mossoró na Feira deu ao município a oportunidade de apresentar a riqueza de sua história e cultura àqueles que ainda porventura não a conheçam total ou parcialmente.

“Mossoró se evidencia em nível de estado. E para além das pessoas que já conhecem a história, nós também recebemos pessoas de outros estados. E quando nós apresentamos, por exemplo, os quatro fatos históricos do município de Mossoró (o motim das mulheres, o primeiro voto feminino do Brasil, a abolição da escravatura e a resistência do povo ao bando de Lampião), todos ficam encantados o quanto a cidade está à frente do seu tempo. Os turistas reiteram que Mossoró se destaca em nível estadual com essa potencialidade do turismo. São fatos históricos tratados a partir da resistência e da liberdade do nosso povo”, comentou Etevaldo Almeida, titular da Secretaria Municipal de Cultura.

Para o técnico em Guia Turístico, Élder Batista, a partir do aumento do conhecimento sobre as potencialidades de Mossoró, a indicação do município aos turistas como rota, é uma certeza: “Eu indicaria com toda certeza. É uma das maiores cidades do Estado e com grande representatividade. A gente vê que é possível montar um bom trecho de turismo e levar um público tanto à parte cultural, quanto à parte natural, que é muito importante”, disse Élder.

“Mossoró tem uma diversidade maravilhosa. O São João, o Pingo da Mei Dia, são eventos muito importantes para o nosso Estado. Eu conheço e vou lá desde criança. Tem muita coisa pra se conhecer e tem um povo muito acolhedor. É uma cidade que vale muito a pena visitar”, testemunhou a consultora ambiental Yassodhara Brandão, em visita ao estande de Mossoró na Feira.

Imagem semelhante sobre a cidade e suas potencialidades tem a professora Marluce de Paula, que conhece as potencialidades do município e indica para quem ainda não conhece.

“Eu já estive no Mossoró Cidade Junina. É um evento simplesmente maravilhoso. Assisti Chuva de Bala no País de Mossoró. Muito bonito, muito bem feito. Visitei alguns monumentos e amei. Estou ansiosa para que a gente já volte com os eventos para eu poder retornar. Eu indico Mossoró e digo: não percam. É tudo de bom”, afirmou.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem