Banner 1

 

A ButanVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan, apresentou taxas de segurança e resposta imunológica satisfatórias em estudo inicial em humanos, de fase 1.

Os resultados são de ensaio clínico realizado na Tailândia. Foram analisados por cientistas da Universidade Mahidol, de Bangcoc (Tailândia), da Icahn Escola de Medicina Monte Sinai, de Nova York (EUA), e da Universidade do Texas, em Austin (EUA).

Os pesquisadores publicaram na última 5ª feira (22.set.2021) artigo em versão pré-print (sem ter sido revisado pela comunidade científica) na plataforma MedRxiv. 

A vacina é testada também no Brasil e no Vietnã, mas ainda não foram divulgados dados desses estudos

Segundo os autores, a NDV-HXP-S, nome internacional da ButanVac, demonstrou um “perfil de segurança aceitável e é altamente imunogênica”.

Participaram 210 voluntários de 18 a 59 anos. Foram 82 homens e 128 mulheres. Eles receberam duas doses do imunizante, com 28 dias de intervalo entre elas.

Segundo o estudo, randomizado e controlado por placebo, menos de 1/3 dos participantes teve efeitos adversos.  Os sintomas mais comuns foram dor e sensibilidade no local da aplicação, fadiga, dor de cabeça e dor muscular. Não houve nenhum caso grave.

A fase 1 de um ensaio clínico é feita para atestar a segurança do imunizante e a dosagem recomendada. No caso da ButanVac, foi recomendado que a fase 2 seja realizada com duas formulações de 3 µg.

 Poder360 


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem