Banner 1

 


Da Agência Saiba Mais

O deputado federal Beto Rosado (Progressistas – RN), destinou para este ano de 2021 uma emenda no valor de R$ 500 mil para a Sociedade dos Amigos da Pinacoteca Potiguar (SAPP). A instituição é ligada a sua tia, Isaura Rosado, e não possui sede física, apesar de estar localizada na Praça Sete de Setembro, no bairro da Cidade Alta, centro de Natal.

Na justificativa do projeto, o deputado argumentou que a Sociedade tem como alvo as “Comunidades quilombolas; População rural; Mestres, praticantes, brincantes e grupos culturais populares, mulheres; Pessoas com deficiência; Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – LGBT; e Grupos assentados de reforma agrária; Estudantes de Instituições públicas de ensino” e que “a Sociedade Amigos da Pinacoteca a partir da convivência com o mundo artístico e seus profissionais, tem constatado a ausência ou inexistência de alguns profissionais, para exercer atividades subsidiárias ao mercado de arte como: fotografia, edição de vídeos, figurinos, maquiagem artística, DJ, coreógrafo, projetos, dança, etc. A partir desta constatação compreendemos que podemos qualificar jovens e adultos para suprir essa demanda de mão de obra. Sem dúvida uma forma interessante de inclusão”.

O valor de R$ 500 mil, segundo a emenda, seria para a operacionalização do projeto “Arte que Inclui”, através de oficinas, apresentações de quadrilhas juninas e festival, voltado para a promoção da acessibilidade cultural e inclusão de pessoas com deficiência, no município de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte e cidade de origem dos Rosado.

Explicação do Deputado

Em nota, Beto Rosado (PP) explica que a emenda para a Sociedade Amigos da Pinacoteca, não foi para beneficiar a tia e que ela é apenas uma colaboradora.

Confira a nota:

Nota de Beto

A referida emenda foi destinada para execução do projeto cultural “Arte que Inclui” que será realizado em Mossoró e em todo o RN para o fomento da cultura. Dentro desse projeto, está a realização de oficinas de teatro para crianças e jovens, incentivos às quadrilhas juninas, realização de oficinas de capacitação para atividades ligadas à economia criativa junto ao público LGTBQI+, pessoas com deficiência, quilombolas e jovens da periferia.

Muitas destas ações serão realizadas nas instituições que cuidam de deficientes na cidade, nos bairros periféricos. Vão ser realizadas oficinas em mais de 10 bairros de Mossoró, levando arte e cultura para a população mais vulnerável do município.

O projeto em questão já se encontra com todo o seu plano de trabalho aprovado pela Secretaria de Cultura do Ministério do Turismo, onde está sendo aguardado apenas o pagamento da emenda para que possa ser iniciado. Todas essas informações podem ser extraídas da plataforma de transparência do Governo Federal.

Outro ponto importante a ser esclarecido é de que a professora Isaura é apenas uma colaboradora da Sociedade Amigos da Pinacoteca, por ser uma eterna amante da cultura potiguar. A Sociedade é presidida pelo médico, escritor e poeta Iaperi Saores de Araújo.

Como deputado federal, reforço o meu compromisso com o fomento da cultura que tanto representa o nosso povo e a nossa história!



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem