Banner 1

 

Após notificação do registro de quatro casos confirmados da nova variante Delta em Mossoró, o Centro de Informação Estratégica de Vigilância em Saúde (CIEVS), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), emitiu nota orientando sobre os procedimentos e cuidados a serem adotados. As recomendações são para reforço na fiscalização e intensificação de medidas de prevenção no município.

De acordo com a investigação do CIEVS, os quatro casos identificados aconteceram por transmissão dentro do município. Entre os pacientes, um adulto está vacinado e dois jovens não vacinados. O quarto caso é um paciente totalmente imunizado. Segundo o CIEVS, esse paciente tem histórico de viagem a Campina Grande-PB.

Dados do CIEVS confirmam que mesmo com a imunização completa é possível contrair a nova variante da Covid-19. De acordo com a secretária de Saúde, Morgana Dantas, o setor responsável pelo monitoramento e controle da Covid continua vigilante e mantendo a população sempre orientada sobre a situação da Covid no município.

Recomendações:

  • Intensificar as vigilâncias ativas no aeroporto, rodoviária, escolas, bares, restaurantes etc., no município;
  • Intensificar as campanhas de vacinação contra a Covid-19 para ampliação das coberturas vacinais no município;
  • Testagem oportuna com testes rápidos de antígenos e RT-PCR, rastreamentos dos casos confirmados de Covid e seus contatos;
  • Manutenção do protocolo geral de prevenção: medidas de distanciamento físico, higiene pessoal (uso de álcool e máscara), medidas de sanitização de ambientes;
  • Realizar comunicação efetiva com a população, garantindo o entendimento do risco e das medidas de prevenção;
  • Esclarecer os protocolos a serem seguidos, em casos de suspeita ou confirmação de Covid, bem como o cronograma de afastamento a ser seguido nesses casos;
  • Reforçar a fiscalização para efetivo cumprimento das normas sanitárias vigentes e evitar possíveis aglomerações;
  • Preparar a rede de assistência para um possível aumento exponencial de casos de Covid com a introdução e dominância da variante Delta em Mossoró, com a manutenção de leitos clínicos;
  • Monitorar os estoques de medicamentos e insumos utilizados, além de oxigênio;
  • Garantir a disponibilidade de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais de saúde.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem