Banner 1

 

Agentes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) interromperam jogo entre as seleções de futebol do Brasil e da Argentina no domingo (5.set.2021) pelas eliminatórias da Copa do Mundo. A partida é realizada na Arena Neo Química, em São Paulo, conhecida como “Itaquerão”.

A agência afirma que jogadores da seleção argentina teriam prestado informações falsas sobre viagem à Inglaterra e deixado de cumprir quarentena de 14 dias antes da partida. O jogo teve menos de 10 minutos de duração e terminou suspenso por decisão do árbitro, segundo a Conmenbol (Confederação Sul‑Americana de Futebol).

No domingo, antes da partida, 4 jogadores (Giovani Lo Celso, Cristian Romero, Emiliano Martinez e Emiliano Buendia) foram orientados pela Anvisa para que fizessem quarentena e, depois desse período, deixassem o Brasil.

A agência diz que os jogadores violaram as orientações sanitárias brasileiras para entrada no país. É proibida a entrada no Brasil de viajantes estrangeiros que estiveram no Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte ou Índia nos últimos 14 dias.

O diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, afirmou à TV Globo durante a transmissão do jogo que os jogadores “serão autuados e multados por uma sequência de infrações sanitárias”, além de deportados para a Argentina.

Segundo Torres, as infrações cometidas seriam:

  • os jogadores terem prestado informações falsas (sobre viagem à Inglaterra);
  • descumprido quarentena de 14 dias;
  • participado do jogo.

O diretor da Anvisa afirmou também que a descoberta de que os 4 atletas passaram pelo Reino Unido nos últimos 14 dias deu-se pelos carimbos e vistos em seus passaportes.

A Polícia Federal foi informada na manhã deste domingo. Acompanhada de agentes da Anvisa, a PF foi então ao hotel onde está hospedada a seleção argentina para verificar se a quarentena estava sendo cumprida.

Como a equipe já havia saído em direção ao estádio, os agentes da PF e da Anvisa dirigiram-se à Neo Química Arena. “O resto vocês [TV Globo] vocês estão transmitindo ao vivo”, afirmou Barra Torres.

QUARENTENA NECESSÁRIA PARA 4 PAÍSES

Uma portaria editada pelo Ministério da Saúde em junho deste ano proíbe, em caráter temporário, a entrada de estrangeiros que vieram do Reino Unido, Irlanda do Norte, África do Sul e Índia. Quem passou por esses países deve fazer quarentena de 14 dias.

Jornais argentinos informam que há um acordo da Conmebol (Confederação Sul-americana de Futebol) que libera da quarentena todos os jogadores de países do continente americano para permitir que os atletas disputem partidas oficiais.

A portaria do governo federal, no entanto, não abre exceção: permite o ingresso apenas de voos de carga, manipulados por trabalhadores paramentados com equipamentos de proteção individual.

A medida também diz que a entrada de estrangeiros pode ser impedida quando houver provocação da autoridade sanitária competente, que no caso do Brasil é a Anvisa.

Se quisessem jogar a partida contra a seleção brasileira, os 4 jogadores do país vizinho teriam de ter procedido da seguinte maneira:

  1. declarado que estiveram no Reino Unido nas últimas 2 semanas;
  2. feito quarentena de 14 dias já no Brasil;
  3. não terem visitado Reino Unido, Irlanda do Norte, África do Sul e Índia nos últimos 14 dias.

Como os 4 jogadores atuam na Inglaterra, teriam de se afastar de seus clubes temporariamente para cumprir a norma brasileira.

Poder 360



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem