Banner 1

 

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) teve quatro de seus hospitais selecionados para um projeto nacional de redução das infecções em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). A ação visa reduzir em ao menos 30% os casos de infecção e atenderá os hospitais João Machado, Giselda Trigueiro, Walfredo Gurgel e José Pedro Bezerra (Santa Catarina).

O “Projeto Saúde em Nossas Mãos” é uma iniciativa do Ministério da Saúde, que selecionou 204 hospitais, entre 391 participantes em todo o país, com o objetivo de fortalecer a segurança do paciente nas UTIs e reduzir gastos. 

"Trata-se de um projeto extremamente importante, que visa trabalhar o componente da segurança do paciente e qualidade nos serviços de saúde. O Governo do Estado tem investido nos núcleos de Segurança do Paciente das unidades hospitalares e na qualificação das Comissões de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e esse projeto vem reforçar ainda mais o trabalho que tem sido realizado", ressalta a secretária adjunta de Saúde Pública, Maura Sobreira.

Com duração de 24 meses, o projeto fornecerá apoio aos hospitais escolhidos no que se refere à organização em rede e ao trabalho de forma integrada, bem como suporte técnico, educativo e metodológico para aprimorar suas práticas de segurança pelos hospitais do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS).

Cada hospital definirá uma equipe multidisciplinar nas diferentes áreas relacionadas à UTI, identificado líderes de projeto em cada unidade, para viabilizar a execução do projeto de acordo com as necessidades inerentes a cada hospital. As instituições selecionadas também possuem CCIH, que irão apoiar as áreas na redução dos riscos de infecções relacionadas à assistência à saúde.

Cada grupo de 34 hospitais será acompanhado por profissionais dos Hospitais de Excelência do PROADI-SUS (Hospital Albert Einstein, Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Hospital da Beneficência Portuguesa, Hospital do Coração, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio Libanês) e pelo Ministério da Saúde, responsáveis pela condução das sessões virtuais de treinamento, assim como o suporte contínuo e visitas.

Projeto "Saúde em Nossas Mãos"

Financiado com recursos de isenção fiscal, concedida aos hospitais filantrópicos, com excelência reconhecida pelo Ministério da Saúde, o Proadi-SUS permite a transferência, desenvolvimento e incorporação de novos conhecimentos e práticas em áreas estratégicas para o SUS, por meio da execução de projetos de apoio e na prestação de serviços de saúde ambulatoriais e hospitalares.

Entre os principais benefícios do PROADI-SUS destacam-se: redução de filas de espera, qualificação de profissionais, pesquisas do interesse da saúde pública para necessidades atuais da população brasileira, gestão do cuidado apoiada por inteligência artificial e melhoria da gestão de hospitais públicos e filantrópicos em todo o Brasil.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem