Banner 1


Com informações do Blog do Barreto

Em nota direcionada à imprensa, a Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESEM), através do secretário Cledinilson Morais e do diretor de mobilidade e trânsito Luiz Correa, negam prática de assédio moral ou misoginia contra agentes de trânsito.

Na última quinta-feira (29) o Blog do Barreto divulgou uma denúncia de que a direção do trânsito municipal teria registros de assédio moral, perseguição e misoginia. 

Segundo a denúncia, feita por um grupo de Agentes de Trânsito, que tiveram as identidades preservadas, desde o início da nova gestão, há um clima de perseguição e assédio moral na gerência de trânsito da cidade. 

Um dos servidores relatou que são comuns os casos de humilhação e silenciamento dos trabalhadores por parte do gestor. Ele afirma que as principais vítimas são as mulheres, que recebem um tratamento ainda pior e mais rude.

“A secretaria estranha narrativas que não espelham a rotina e comportamento dos que dirigem a SESEM, uma vez que sempre prezamos pela participação das mulheres em todas as repartições da unidade. Ao mesmo tempo, sempre demos espaço para todos, sem distinção de raça, cor, sexo e religião”, diz a nota.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA NOTA ENVIADA À IMPRENSA

A Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESEM) pronuncia-se diante de relatos divulgados por setores da imprensa, que dizem respeito às nossas atividades:

A secretaria estranha narrativas que não espelham a rotina e comportamento dos que dirigem a SESEM, uma vez que sempre prezamos pela participação das mulheres em todas as repartições da unidade. Ao mesmo tempo, sempre demos espaço para todos, sem distinção de raça, cor, sexo e religião.

Sobre a servidora que relatou problemas de saúde, a SESEM comunica que a agente de trânsito apresentou laudo médico atestando que não poderia se expor ao sol. Atendendo previamente a solicitação, a servidora foi destinada para operações internas.

A SESEM informa ainda que recebeu denúncia de que agentes de trânsito estavam fora do horário de refeição, em um supermercado. Fiscal designado para verificar a situação identificou que estariam fora do perímetro de atuação, deixando os pontos bases sem apoio. A Gerência de Trânsito explica ainda que durante o expediente é destinado um horário específico para que o servidor possa realizar sua refeição. O caso está sendo apurado e um processo administrativo deverá ser instaurado.

Sobre outros relatos publicados, a SESEM faz apuração criteriosa sob os princípios do Amplo Direito à Defesa e do Devido Processo Legal.

Se houver qualquer irregularidade funcional, ou excesso, tomaremos todas as medidas necessárias.

A Secretaria ressalta seu compromisso e transparência com todos os servidores, pois sempre manteve um diálogo franco e aberto, com objetivo de prestar serviço cada vez melhor à população e assegurar respeito interno na convivência interpessoal.

Cledinilson Morais

Secretário de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito de Mossoró

Luís Correia

Diretor Executivo de Mobilidade e Trânsito – SESEM



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem