Banner 1

 


Um vídeo do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) culpando a corrupção pelo preço da gasolina voltou a ser compartilhado nas redes sociais na 3ª feira (24.ago.2021). Ele teria sido feito em 2016, durante o governo de Dilma Rousseff (PT).

No registro, o filho do presidente Jair Bolsonaro afirma que o valor da gasolina, na época a R$ 3,70 por litro, foi ocasionado por esquema de corrupção na Petrobras.

“Somos os donos do petróleo e autossuficientes. Agora você está pagando o preço da Lava Jato, lá da corrupção do pessoal que desviou da Petrobras”, diz Eduardo em um posto de gasolina ao lado de uma mulher desconhecida. Assista (32s):

É costume o presidente Bolsonaro responsabilizar os governadores pelo preço do combustível. Recentemente, ele disse que a gasolina “está barata” e que o PIS/Cofins é o mesmo desde que assumiu a presidência da República. Deu a declaração a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

“É dinheiro que foi embora. Agora tem que pagar essa conta. Quem está pagando? Vocês. Apesar de a gasolina estar barata, está barata a gasolina. Não, está barata. Custa R$ 1,95 na refinaria”, disse.

Um apoiador interrompeu: “Para a gente, [o litro da gasolina] é R$ 6”.

Bolsonaro continuou: “Você pode ver: o imposto federal na gasolina existe, chama-se PIS/Cofins, é o mesmo, fixo, desde que assumi. Em 2 anos e meio não aumentei nada. Agora o ICMS, dos governadores, está quase o dobro do que estava em janeiro, é dos governadores”.

O presidente ainda disse que é “passível de críticas”, mas pediu para os apoiadores criticarem “com razão”.

Poder 360


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem