Banner 1

 

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) se colocou nesta 2ª feira (30.ago.2021) como pré-candidato à Presidência da República. Em mensagem enviada no domingo (29.ago) ao partido, diz que a sigla está atrás na construção de uma 3ª via e seu nome poderia ser um fato novo com potencial de mobilização no cenário nacional.

“Essa decisão não é expressão de um desejo particular ou sonho pessoal, sinceramente não acredito em construções personalistas. Ao contrário, essa decisão é fruto do diálogo reiterado com diversos setores e da reflexão aprofundada sobre o momento histórico que vivemos”, declarou.

Vieira disse que não se sente representado pela reeleição de Jair Bolsonaro nem pelo retorno do ex-presidente Lula, que polarizam a preferência dos eleitores para o pleito de 2022.

O senador cita pesquisas de intenção de voto que apontam pela baixa aderência do eleitorado a nomes da chamada 3ª via. No caso do ex-ministro Sergio Moro, exemplifica que o nome vem perdendo tração ao longo dos meses.

“Acredito que meu perfil atende de imediato a este eleitorado, com potencial de expansão para camadas mais moderadas à esquerda e à direita, por conta do trabalho realizado como senador”, declarou Vieira.

Conforme a última pesquisa de intenção de voto do PoderData, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganharia de Jair Bolsonaro (sem partido) por 52% a 32% em um eventual 2º turno, segundo pesquisa PoderData realizada de 2 a 4 de agosto de 2021.

A vantagem do petista sobre o atual presidente se mantém estável desde o levantamento anterior, realizado em julho. A parcela dos eleitores que votariam em branco ou nulo se manteve em 12%. São 4% os que não sabem.

“É justamente o que questiono perante a Executiva: o Cidadania está disposto e entende oportuno apresentar candidatura própria? Se sim, meu nome está à disposição para essa missão”, afirmou.

O senador sergipano tem ganhado notoriedade com suas participações na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado. Seu histórico de delegado tem sido exaltado nas redes sociais e durante os interrogatórios da comissão.

Poder 360


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem