Banner 1

 


O Senado começa a debater a possibilidade de aprovar uma lei que estabeleça a idade mínima de 50 anos para uma pessoa ser indicada ao Supremo Tribunal Federal (STF). Também está sendo discutida a ideia de fixar um mandato de dez anos para que o magistrado fique no cargo. A informação foi publicada pela coluna de Mônica Bergamo.

A regra que está sendo discutida evitaria a influência prolongada de quem ocupar o Planalto sobre a corte.

Indicado por Jair Bolsonaro para a Corte, o advogado-geral da União, André Mendonça, tem 48 anos. Ele ocupará o cargo por 27 anos caso seja aprovado pelo Senado e chegue ao tribunal.

Brasil 247


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem