Banner 1

 


Outro assaltante perigoso, acusado de matar o soldado PM Ildônio José da Silva (42), durante um assalto a um ônibus escolar no dia 16 de agosto de 2018 na RN 117, trecho entre Governador Dix Sept Rosado e Caraúbas-RN, foi morto em confronto com a polícia.

Clique AQUI para saber mais sobre o caso.

Wilhian Bezerra de Oliveira, conhecido por Belo das Mirandas, de 24 anos, durante uma abordagem policial, teria reagido atirando nos policiais. No revide, o criminoso terminou baleado e levado para o Hospital Regional Tarcísio de Vasconcelos Maia, mas não resistiu.

A abordagem, que aconteceu no bairro 13 de Maio, do Grande Alto São Manoel, por volta das 23h50 de quarta-feira (20), em Mossoró, foi feita pela equipe da Força Tarefa designada pela Secretaria Estadual de Segunda Pública e Defesa Social para conter o avanço da violência na região.

O assaltante Belo das Mirandas, apesar da pouca idade, era temido em todo o Oeste do Rio Grande, sendo responsável direto por homicídio em Caraúbas, dois latrocínios, sendo um o que matou o soldado Ildônio José, vários assaltos majorados em Caraúbas, Upanema e Campo Grande, além de tráfico drogas.

Da numerosa quadrilha que matou o soldado Ildônio, vários estão presos, alguns já condenados. Outros terminaram mortos após confrontos com a polícia, como é o caso de Wantuir de Lima e Belo das Mirandas. Outros criminosos ainda estão sendo procurados. Para a polícia, a quadrilha foi totalmente esfacelada.

Para o Poder Judiciário, o caso está esclarecido, cabendo apenas a prisão dos demais envolvidos. Tratava-se de uma quadrilha enorme, com mais de 20 pessoas envolvidas, todas identificadas e processadas em ações movidas pelo Ministério Público Estadual.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem