Banner 1

 

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) acredita ter sido vítima de um atentado na madrugada do último domingo (18.jul.2021) quando estava em seu apartamento funcional em Brasília. Ela diz não se lembrar do que aconteceu durante a madrugada, apenas do momento em que acordou, por volta das 7h, e se viu envolta em uma poça de sangue. A deputada acionou a Polícia Legislativa da Câmara e integrantes da polícia de São Paulo para investigarem o que ocorreu.

Ao Poder 360, ela contou estar com cinco fraturas no crânio e com lesões nos 2 joelhos, costelas e ombros. Joice também quebrou alguns dentes. Não há, porém, indícios de lesões internas na cabeça, de acordo com a deputada.

“Estou me recuperando, estou bem melhor já. Não queria que isso chegasse à imprensa, mas uma jornalista descobriu meus exames”, disse Hasselmann. A história foi revelada pelo jornal O Globo.

A deputada disse que estava assistindo a uma série de televisão com seu marido, o médico neurocirurgião Daniel França. Ele foi dormir antes dela em outro quarto. De acordo com Hasselmann, eles dormem em quartos separados por causa de problemas com barulhos de ronco e porque, quando ele vem a Brasília, muitas vezes chega tarde. Havia também funcionários no apartamento.

Ainda assim, Hasselmann afirma que ninguém ouviu barulhos ou percebeu movimentações durante a noite. Ao recobrar a consciência, ela ligou para o marido porque não conseguia se levantar. Ele foi o 1º a socorrê-la. Por ser médico, França fez os curativos.

“Acordei no corredor entre o banheiro e o quarto, com muito sangue ao meu redor. Inicialmente, todo mundo achou que tinha sido uma queda, mas isso mudou quando eu percebi que tinha muitos machucados em várias partes do corpo”, disse.

De acordo com a deputada, seu marido insistiu para que ela fosse ao hospital realizar exames, mas ela só se convenceu dois dias depois. “Ele queria imediatamente me levar para fazer uma tomografia, mas eu não queria ir porque achei que tinha sido apenas uma queda”, afirmou.

A suspeita de que algo mais grave havia acontecido foi levantada quando ela foi ao dentista e as fraturas em seu crânio acabaram identificadas.

“Não quero acusar que houve atentado. Tudo o que eu tenho é trauma de pancada e desafetos eu tenho aos montes”, disse. De acordo com a deputada, ela era a única congressista do bloco de apartamentos funcionais onde mora que estava em Brasília neste dia. Como o Congresso está em recesso, deputados e senadores não ficam na capital. “Eu fiquei para organizar meu gabinete, as burocracias”, disse.

Hasselmann já acionou a Polícia Legislativa, que iniciou as investigações. As imagens das câmeras de segurança do prédio já foram solicitadas, porém, não há câmeras nas entradas dos apartamentos, apenas nas áreas comuns, de acordo com ela. A deputada disse ter acionado também investigadores da polícia de São Paulo.

“São eles que acompanham todas as ameaças de morte que eu já sofri, por isso confio neles”, disse. “Cedo ou tarde vai ser descoberto. Não vou fechar os olhos e fingir que nada aconteceu”, afirmou. Ela deve prestar depoimento nesta 6ª feira (22.jul.2o21).

A deputada também contratou seguranças particulares armados que estão em seu apartamento desde o ocorrido. Ela disse também ter trocado todas as fechaduras da casa e ter trancado quartos que não estão em uso.

Leia a nota divulgada por seu gabinete: 

“Informamos que a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) sofreu um incidente, na madrugada do último domingo (18.jul.2021), em seu apartamento em Brasília. Ela acordou já caída no chão do corredor, entre o quarto e o banheiro, com o rosto em uma poça de sangue, sem saber exatamente o que aconteceu.

Após exames, foram constatados diversos traumas pelo corpo — joelho, costela, ombro e nuca— incluindo cinco fraturas na face e uma na coluna. Os médicos descartaram a possibilidade de uma queda acidental. A parlamentar está medicada, amparada e se restabelecendo rapidamente. A expectativa, no momento, é para que não seja necessária cirurgia por conta das fraturas.

O Departamento de Polícia Legislativa (Depol) foi acionado e abriu investigação sobre o caso.

Assessoria de Comunicação

Deputada Joice Hasselmann (PSL-SP)”

Poder 360


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem