Banner 1

 

Algumas histórias do imaginário popular tradicionalmente contadas em rodas de conversas foram reunidas e serão contadas no livro “Contos da boca da noite”. A obra de ficção é de autoria do professor, escritor e contador de história Marcus Vinicius. O livro é um dos projetos contemplados na Lei Aldir Blanc, em edital da Prefeitura de Mossoró. “Contos da boca da noite” será lançado em evento híbrido, no próximo dia 24 de julho.

Contemplado em edital da Lei Aldir Blanc lançado pela Secretaria Municipal de Cultura em projeto inscrito por Márcio Aquino que é diretor da Escola Portela Mossoroense, o livro reúne elementos do imaginário popular, que surgem em histórias que marcaram as gerações que tinham a tradição de se reunirem em rodas de amigos.

“O livro surgiu no ano passado no processo de pandemia. Na quarentena, eu comecei a escrever e a ideia original era fazer apenas um espetáculo de contação de história para três amigas minhas: Aparecida, Goreth e Martha Norberto. A priori, a ideia tinha o nome As Fazedoras de Fuxico. Daí foi se ampliando e quando saiu o edital eu já tinha praticamente nove histórias prontas, eu fiz mais duas e o livro é formado de 11 histórias de ficção. Àquelas que residem no imaginário popular da gente da época que não existia energia elétrica, que era contada nos terreiros da casa da gente”, revelou o escritor.

Dentre os 11 contos do livro, três envolvem noivas: “O pacto da noiva com chifrudo”; “Noiva do capeta por inocência”; e “A noiva beata abandonada no altar”. As inspirações do autor surgem a partir de leituras de Jorge Amado, Câmara Cascudo e histórias populares. “O fabuloso caso de amor encantado”, que é uma história que se passa no circo, também é um dos contos.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem