Banner 1

 

Viajar para o espaço será "mais acessível a todos", disse o fundador da Virgin Galactic, Richard Branson, durante uma entrevista coletiva após seu voo bem-sucedido a bordo do VSS Unity da Galactic na manhã de domingo (11).

“Estamos aqui para tornar o espaço mais acessível a todos. Queremos transformar a próxima geração de sonhadores nos astronautas de hoje e de amanhã", disse o empresário logo após a conclusão do voo.

"Todos nós, neste palco, tivemos a experiência mais extraordinária e queremos que muitos de vocês também possam tê-la. Se você já teve um sonho, agora é a hora de torná-lo realidade. Gostaria de terminar dizendo que este é só o início de uma nova era espacial."

Desde o momento em que a nave deixou o solo até o momento em que pousou de volta nela, a viagem de Richard Branson e companheiro a bordo do VSS Unity da Virgin Galactic levou apenas cerca de uma hora.

Ao contrário das viagens espaciais tradicionais em que os astronautas circulam a Terra e flutuam no espaço por dias, os voos da Virgin Galactic são viagens curtas, para cima e para baixo. Mas a espaçonave percorre mais de 50 milhas (80 quilômetros) acima da Terra, distância que o governo dos EUA considera a fronteira do espaço sideral.

Agora, Branson e Virgin se preparam para começar uma operação comercial no trajeto, levando pessoas corajosas (e endinheiradas) ao espaço. Blue Origin, de Jeff Bezos, e SpaceX, de Elon Musk, também têm realizado avanços nesse sentido.

CNN Brasil


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem