Banner 1

 


Um crime bárbaro chocou a cidade de Afonso Bezerra. Uma mulher, que estava desaparecida há 35 dias, foi encontrada esquartejada, dentro de uma fossa, na madrugada de terça-feira (15).

A vítima foi identificada como Dalvanir dos Santos Souza, de 39 anos. Dois suspeitos do crime já foram presos. São eles: Werneck Cesar Linhares Santos, o “Pimentinha”, 34 anos, natural de Macau, e Djadson Vieira dos Santos, o “Dede”, 34 anos, natural de Afonso Bezerra.

De acordo com o comandante do destacamento da PM de Afonso Bezerra, Sargento Lopes, “Pimentinha” confessou o crime. Disse que matou Dalvanir com um “mata-leão”, colocou o corpo na fossa e todos os dias retirava uma parte e jogava no lixo. A participação de “Dedé” não ficou esclarecida.

A vítima e os dois suspeitos eram envolvidos em pequenos furtos na cidade e também eram usuários de drogas. O motivo do crime, segundo Pimentinha, era que a mulher estava roubando Pimentinha e um tio dele.

Ainda segundo o Sargento Lopes, a polícia chegou ao local através de uma denúncia anônima. Os policiais precisaram utilizar um carro de desgota para esvaziar a fossa e só então começaram a encontrar a ossada de Dalvanir.

Outro fato que chamou a atenção é que, inicialmente, a cabeça da mulher não foi encontrada. Apenas nesta tarde ela foi localizada, há cerca de 100m de onde o corpo estava.

O sargento informou que está aguardando a chegada do Itep da cidade de Mossoró, para remoção do corpo até a sede, onde serão realizados os exames.

Os dois suspeitos foram conduzidos a delegacia de polícia civil para a lavratura do flagrante. Eles serão encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da justiça.

Mossoró Hoje



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem