Banner 1

 

Mossoró passa a contar desde já com uma rede fria própria, uma vez que recebeu pela primeira vez em sua história câmaras frias das mais modernas do mercado.

Ao todo são 8 câmaras frias que dão ao município autonomia para manter em estoque vacinas nas condições adequadas. São refrigeradores de última geração entregues ao munícipio na manhã desta terça-feira, dia 22.

"Estamos muito felizes com esta conquista que nos dá condições para armazenar, manter sob condições adequadas as doses que estamos recebendo de diversas vacinas, não só da Covid-19. Mas em relação a esta última, são vacinas que precisam de muito controle de temperatura e acompanhamento e estas câmaras são as mais indicadas para a conservação", disse Morgana Dantas, secretária municipal de Saúde.

Segundo o coordenador de Imunizações, Etevaldo Lima salienta a viabilidade de um antigo sonho por meio de convênio com o Ministério da Saúde. "O Ministério da Saúde levou em consideração a população do município que é de 300.618 habitantes segundo o IBGE. Assim, o município poderia ser contemplado com a montagem de uma rede fria para reforçar a capacidade de estocagem e conservação de diversos imunobiológicos", disse.

Ele ainda explica que antes dessa rede fria ser instalada na Secretaria Municipal de Saúde,  Mossoró dependia da rede fria da II Unidade Regional de Saúde Pública (II URSAP). "A prioridade do Ministério da Saúde é a campanha de imunização contra a Covid-19 mas essa nova rede fria nos dá condições plenas de armazenar outros imunobiológicos, como da Influenza por exemplo, mas a prioridade é para atender a atual campanha de vacinação contra o Coronavírus. Com a nossa rede própria, passamos a ter condições de não mais depender da rede da II URSAP", conclui Etevaldo. 


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem