Banner 1

 

A campanha contra a febre aftosa em Mossoró entra em sua quarta e última semana. A última etapa desta fase começa nesta segunda-feira, 21, pelas comunidades de P.A. Maracanaú, P.A. Cordão de Sombra I e II, Sitio do Meio, São Raimundo e P.A. Favela.

O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Mossoró, Faviano Moreira, destaca que os pequenos produtores fiquem atentos ao calendário e que é importantes que os agricultores estejam com documentos pessoais em mãos para agilizar a vacinação do rebanho.

“Estamos entrando na quarta e última semana de vacinação contra a febre aftosa. É importante que os agricultores fiquem atentos ao calendário para que possam receber as equipes de vacinadores e que estejam com os animais presos. É importante também que estejam com seus documentos pessoais sempre a mão para que quando fomos fazer, após a vacinação, o preenchimento da ficha de vacinação que os dados estejam corretos e também que possam fornecer o apoio necessário escolhendo um local na propriedade para que o processo de vacinação seja mais ágil”.

Para os produtores que ainda não estão com a situação regularizada junto ao Idiarn (Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte) ainda há tempo para procurar a instituição para que possam ficar aptos a receber a equipe de vacinação e com isso permanecer na situação de estar com seu rebanho legal.

“Os produtores que ainda não estão regularizados junto ao Idiarn ainda há tempo para procurar a instituição para que possam ficar aptos a receber a equipe de vacinação e com isso permanecer na sua situação de estar com o seu rebanho legal”, destacou Faviano.

O número de animais vacinados nas três primeiras semanas de campanha no município chega a 2.790. As equipes de vacinadores da pasta municipal imunizaram na última semana 892 animais. A primeira semana de vacinação teve 707 vacinados e a segunda o número chegou a 1.191 animais vacinados.

A campanha apresenta como pré-requisito que o produtor tenha até 25 animais para que ele seja considerado um pequeno produtor e que esteja com o cadastro atualizado junto ao órgão estadual, que promove e executa a defesa animal, vegetal e inspeção de produtos de origem agropecuária no estado.

A Febre aftosa é uma doença infecciosa aguda que causa febre, seguida pelo aparecimento de vesículas (aftas) – principalmente na boca e nos pés de animais de casco fendido. A doença é causada por um vírus. A transmissão da doença é por via aérea e pode ocorrer sob condições favoráveis de clima e que também pode se espalhar por consideráveis distâncias.

SEMANA 4

SEGUNDA-FEIRA (21)

P.A. Maracanaú, P.A. Cordão de Sombra I e II, Sitio do Meio, São Raimundo

P.A. Favela

TERÇA-FEIRA (22)

P.A. Fazenda Nova, P.A. Terra Nossa, P.A. Santa Elza

Rancho da Caça, Cigano, São Francisco, Sereno, Serra Mossoró, P.A. Lagoa do Xavier

QUARTA-FEIRA (23)

Barrinha dos Neo, Fartura, UFERSA, P.A. Quixaba, São Benedito

Pintos, P.A Mulunguzinho


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem