Banner 1

 


O Instituto Gamaleya, responsável pela produção da vacina russa Sputnik V, declarou que a  vacina Sputnik V Ligth, com uma única dose de aplicação, já está disponível para ser aplicada a longa escala.

Nas redes sociais, a fabricante explica que o imunizante “é uma vacina revolucionária de uma injeção com eficácia de 80% - maior do que muitas vacinas de duas doses”. 

“O Sputnik Light dobrará as taxas de vacinação e ajudará a lidar com os picos epidêmicos”, informa o Instituto Gamaleya.

Brasil 

O fundo soberano da Rússia, que financiou o desenvolvimento da Sputnik V, está consultando advogados brasileiros para processar diretores da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que ainda não aprovou o uso do imunizante no país.

A decisão de entrar com uma ação contra a Anvisa pode ser tomada nos próximos dias. Os advogados consultados entendem que os diretores da agência brasileira avançaram o sinal, do ponto de vista jurídico, ao não apenas negar a permissão para a importação por ausência de documentos —mas também fazer considerações de que ela pode ser de alto risco para a humanidade. 

Brasil 247



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem