Banner 1

 


Com gol do atacante Madson aos 50 minutos, o Potiguar venceu o ABC por 1x0 na tarde de domingo, no Estádio Nogueirão, e voltou à briga por vaga na decisão do 2º turno do Campeonato Estadual. Depois do jogo, membros da comissão técnica do ABC discutiram com dirigentes do Potiguar e um desses membros foi acusado de ofensas racistas contra o supervisor do time mossoroense, Sandro Moreira.

“A gente identificou essa pessoa, que é um dos membros da comissão técnica do ABC, e o nosso vice-presidente, que é advogado (Williams Segundo), está tomando as providencias. Nós não podemos jamais aceitar isso, alimentar essa postura preconceituosa ainda mais nos dias de hoje”, disse o assessor de imprensa, o jornalista Marcelo Diaz.

A pessoa identificada foi o preparador de goleiros do ABC, Francisco Diassis, “Pombo”. Segundo os alvirrubros, além do ato racista, ele agrediu, junto com alguns atletas do ABC, o repórter-fotográfico do Potiguar, Léo Moura.

JOGO

O jogo foi marcado pelo equilíbrio das duas equipes. Aos 6 minutos, o zagueiro Vinicius Leandro, do ABC, falhou na saída. A bola sobrou para o atacante Madson, que chutou para o meio do gol, facilitando a defesa do goleiro Welligton.

Aos 20 minutos, o ABC reclamou de pênalti. Na jogada de Vitinho, a bola bateu na mão do meia Jefinho Alves. O juiz Leonilson Trigueiro entendeu que foi um lance involuntário.

Aos 31, na boa descida de Netinho pela direita, o ABC por pouco não abriu o placar. O problema é que, Claudinho não contava com a “furada” da zaga adversária e acabou perdendo a chance. Depois, Vinicius Paulista arriscou de longe para a defesa sem problema do goleiro Enzzo.

Aos 38, Vinicius Leandro se redimiu do erro no começo do jogo ao fazer excelente cobertura, evitando o avanço de Madson para a área, após erro de Marcílio no ataque.

SEGUNDO TEMPO

No intervalo do jogo, o técnico do ABC, Moacir Junior, fez três alterações, colocando Marco Antônio, Janderson e Levi nos lugares de Marcilio, Valderrama e Claudinho, respectivamente. As mudanças deixaram a equipe bem ofensiva.

Aos 9 minutos, Levi na hora do arremate “furou”, após boa assistência de Netinho. Aos 22, Vitinho levantou para a área, a bola passou de Enzzo, e Levi carimbou o travessão.

O ABC tinha mais volume de jogo e o Potiguar se defendia. Aos 29, o time mossoroense chegou forte ao ataque. Após escanteio, o zagueiro Yslan cabeceou firme, Welligton espalmou, e na sobra, o meia Wilson completou por cima da trave.

Depois dos 30, o jogo ficou franco com as equipes revezando no ataque. A entrada de Wilson deixou o Potiguar com boa arma pelo lado direito. E foi por aí que o time mossoroense chegou ao gol da vitória.

Wilson fez boa trama com Jozicley, que serviu a Walber, este encheu o pé. Welligton espalmou e, na sobra, Madson empurrou de cabeça, encobrindo o goleiro para garantir a vitória do alvirrubro. Após comemorar, Madson passou em frente ao banco do ABC, houve discussão, o arbitro Leonilson entendeu que o atleta provocou e aplicou o segundo cartão amarelo e depois o vermelho. Mas não havia mais tempo para nada. Em seguida, o juiz encerrou o jogo.

FICHA TECNICA

Local – Estádio Nogueirão

Arbitro – Leonilson Trigueiro

POTIGUAR – Enzzo, Sandro (Mikael), Elias, Yslan e Berriel; Jefinho Alves, Mayron (Jozicley) e Walber; Alexandre Talento (Romarinho), Madson e Zé Flores (Wilson). Tec. Luciano Quadros.

ABC – Welligton, Netinho, Vinicius Leandro, Helitão e Marcílio (Marco Antonio); Vinicius Paulista (Filipe Cirne), Valderrama (Janderson) e Alan Pedro (Ederson); Claudinho (Levi), Wallyson e Vitinho. Tec. Moacir Junior.

Jornal De Fato


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem