Banner 1

 


Caetano Veloso entrou com uma ação contra Olavo de Carvalho em 2017 e, agora, venceu novamente o ex-astrólogo. Na época, Olavo chamou Caetano de “pedófilo”.

O desembargador José Giordani, da 12ª Câmara Cível do TJ-RJ, negou um novo recurso de Olavo, que não ter que pagar a Caetano a indenização de R$ 2,9 milhões por danos morais a que foi condenado.

Olavo ainda pode entrar com embargo de declaração para tentar um novo recurso, mas esta já é a segunda vez que ele é derrotado por Caetano nessa ação.

IstoÉ


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem