Banner 1

 


O bombeiro Moesio Marinho, de Mossoró, comunicou que a prima Gilvana Marinho é mais uma vítima da covid19, em Apodi-RN, que registrou outros quatro óbitos pelo mesmo motivo em 36 horas.

O Portal Covid19, informa que o município de Apodi, com mais ou menos 35 mil habitantes, já está chegando a oito dezenas de mortos por covid19. São 217 casos de morte por universo de 100 mil habitantes, revelando um quadro trágico liderado no RN por Severiano Melo, que registrou até agora 409,8 mortes por universo de 100 mil habitantes, batendo inclusive o município de Areia Branca-RN, que teve 302,4 mortes por 100 mil habitantes.

Apodi fica ao lado de Severiano Melo. A cidade de Felipe Guerra, que fica do outro lado de Apodi, registrou 250,6 mortes por universo de 100 mil habitantes, indicando a necessidade de uma ação conjunta com alvo bem definido no foco onde se encontra o vírus nas três cidades.

Outros municípios do Alto Oeste do Rio Grande do Norte que os gestores também se descuidaram no trabalho preventivo e as consequências estão sendo trágicas são Encanto e Doutor Severiano, que são vizinhos. Ficam localizados após Pau dos Ferros.

O primeiro com índice de 266,1 mortes por 100 mil habitantes e o segundo com 268,5 mortes por 100 mil habitantes. A exemplo de Apodi, estas duas cidades, precisam também fortalecer o trabalho de conscientização da população para evitar a transmissão do vírus.

Mas não é o que está acontecendo no município do Encanto. O prefeito Alberoni Neri, do DEM, apesar do quadro trágico, decidiu não seguir o decreto do Governo do Estado, com "toque de recolher" e "lei seca" no Alto Oeste do RN até o dia 6 de julho, para reduzir a taxa de transmissão do vírus.

Por discordar da decisão do prefeito Alberoni Neri, que não é médico, a secretaria de Saúde Ligia Guedes, que é psicóloga, pediu demissão do cargo. Na noite de sexta-feira,  a PM foi chamada para acabar com uma festa na zona rural de Encanto. O prefeito não estava na festa. Apenas seus eleitores.

Em termos comparativos, para entender o quadro grave nestes municípios, o município de Mossoró registrou 166,1 mortes por 100 mil habitantes e o Rio Grande do Norte registra 169,67 mortes por 100 mil habitantes.

Em função dos altos índices de transmissibilidade, o Alto Oeste do RN está cumprindo decreto do Governo do Estado, concebido com aval dos prefeitos, de "lei seca" e de "toque de recolher", para reduzir os índices de transmissão do novo coronavírus entre as pessoas.

Hospitais estão lotados e faltando medicamentos de UTI como Propofol, Rocuronio e Polimixina. Os dois primeiros são cruciais para intubar e manter vivo o paciente intubado. O terceiro (Polimixina) combate bactérias ultra resistentes de hospital.

O perfil da maioria das pessoas internadas em UTI e clinicas covid19, são mais ou menos como Gilvana Marinho. Idade aproximada de 40 anos, muitos sem comorbidades, o que aponta a necessidade urgente da população como um todo adotar como regra de sobrevivência os protocolos indicados pelas autoridades sanitárias do município e do Estado.

Resumo dos dados relacionados à Covid-19 no Rio Grande do Norte:

Dados parciais – 22 de Maio de 2021.

Casos:

Confirmados: 257.139

Suspeitos: 84.885

Descartados: 501.262

Óbitos:

Confirmados: 5.967

12 óbitos confirmados ocorridos em 24h e notificados:

Natal (02), Apodi (04), Parnamirim (01), São José de Mipibu (01), Nova Cruz (01), Campo Grande (01), Santo Antônio (01) e Assu (01).

Suspeitos: 1.237

Descartados: 724

Acesso aos Boletins: https://portalcovid19.saude.rn.gov.br/

Três municípios do RN não registraram mortes por covid19

Também é no Oeste do Rio Grande do Norte uma das cidades que ainda não registrou morte por covid19. O município de Lucrécia, com menos de 5 mil habitantes, não registrou no Portal Covid19 um só caso de morte por covid19 desde o início da pandemia, a exemplo de Galinhos-RN e São José do Seridó-RN.

Mossoró Hoje



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem