Banner 1

 


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgou a autorização para novas condições de conservação e armazenamento para a vacina Comirnaty, produzida pela Pfizer/Wyeth.

De acordo com o novo texto da bula, a vacina poderá ser mantida em temperatura controlada e positiva entre 2 a 8 graus Celsios por até 31 dias. O prazo anterior era de no máximo cinco dias.

 A Anvisa informou que as novas condições foram aprovadas após estudos de estabilidade apresentados pelo laboratório desenvolvedor da vacina terem sido avaliados pela equipe técnica. Ficou demostrado que a vacina mantém suas características inalteradas nas novas condições de conservação indicadas pelo fabricante.

A coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap, Kelly Lima, fala dos impactos positivos que a mudança trará ao plano de imunização no Rio Grande do Norte. “A ampliação será fundamental, pois conseguiremos vacinar todas as mulheres gestantes e puérperas para que elas estejam protegidas contra a Covid-19 no estado do Rio Grande do Norte. A Sesap já havia pactuado em CIB a ampliação com os municípios seguindo critérios importantes de segurança”, afirma a coordenadora.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem