Banner 1

 


Assustado com o número elevado de mortes por covid-19 nos últimos 15 dias, o prefeito Juninho Alves, de Caraúbas, no Oeste do Rio Grande do Norte, informou na noite desta terça-feira, dia 27, que prepara fechar tudo por um período de 10 dias.

Com pouco mais de 20 mil habitantes, o município de Caraúbas havia registrado até terça-feira, 27, 34 óbitos em decorrência do novo coronavírus. A meta com o lockdown é exatamente impedir o avanço do vírus entre as famílias no município.

A informação foi passada à população, em live transmitida pelo vice-prefeito Paulo Brasil, que contou também com o secretário de saúde Kaisser Henrique, o coordenador da Vigilância Sanitária Esdras Ferreira, e a enfermeira Monique Dantas Barreto.

O controlador do município, advogado Ricardo Junior, também participou do comunicado à população de Caraúbas. Informaram que as medidas adotadas pelo Governo suspendendo aulas, uso de bebidas alcoólicas e eventos não surtiu efeito no município.

“Vamos juntos dar as mãos, para que possamos fazer valer o lockdown, pois ele só terá sentido se a população colaborar, e tanto vocês de casa como nosso prefeito Juninho Alves e eu, estamos sofrendo a perda de tantos caraubenses queridos e se Deus quiser iremos vencer este vírus”, enfatizou o vice-prefeito Paulo Brasil.

A medida extrema foi decretada após a morte da jovem Karolayne Raysla Góis, de 23 anos, no início desta semana. No final da semana passada foram vários óbitos, muitos de jovens, como Aurileide Lima, de 36 anos. Entre várias outras pessoas que faleceram em função da covid19 em Caraúbas, está o repórter e apresentar Franscileno Góis.

Com informações do Mossoró Hoje e Icem Caraúbas


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem