Banner 1

 


CheChegou a vez do reforço da segunda dose da vacina contra a covid-19 em Mossoró para quem já recebeu a primeira dose.

Contudo, segundo o coordenador de Imunizações Etevaldo Lima, cerca de 470 pessoas entre idosos e profissionais de saúde, não compareceram até terça-feira (6), para tomar a segunda dose da vacina Coronavac/Butantan. Só no grupo dos idosos de 80 anos acima estão 252 faltosos.

Etevaldo explica que as doses estão reservadas para essas pessoas e chama a atenção para o fato de que o prazo entre uma dose e outra da Coronavac/Butantan é de 28 dias, enquanto que o da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca/Oxford chega a 90 dias. Ambos os prazos não podem ser descumpridos.

“Os idosos e profissionais de saúde que tomaram a primeira dose da Coronavac, devem retornar aos mesmos locais onde tomaram a primeira dose para receber a segunda. É importante que as pessoas respeitem o prazo no caso da Coronavac/Butantan que é de 28 dias para garantir uma resposta imune adequada”, afirma Etevaldo, confirmando que 470 pessoas perderam o prazo em Mossoró.

Sem o reforço da segunda dosagem, organismo não terá a resposta imunológica necessária.

UBS’s seguem vacinação

De acordo com secretária municipal de Saúde, Morgana Dantas, a eficácia da vacina e a proteção contra a Covid-19 dependem do respeito ao prazo do intervalo do imunizante. “As UBS’s receberam doses para essa finalidade. Temos doses suficientes para garantir essa segunda aplicação e peço que as pessoas respeitem o prazo para que a imunização não sofra prejuízo “, diz a secretária.

Todas as 46 unidades básicas de saúde de Mossoró seguem vacinando com a primeira dose os idosos de 63 anos ou mais, bem como, está sendo aplicada a segunda dose nos idosos e profissionais de saúde. Elas aguardam o comparecimento dos retardatários.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem