Banner 1

 


O Instituto Butantan recebeu na manhã desta 2ª feira (19.abr.2021) mais 3.000 litros de IFA (insumo farmacêutico ativo) para a produção da CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac. A matéria-prima é suficiente para a produção de 5 milhões de doses do imunizante.

O carregamento veio de Pequim, na China, e chegou ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, às 6h15. O desembarque do novo lote de IFA foi acompanhado pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB). A chegada foi confirmada pelo tucano em publicação feita no Twitter.

A China não enviava o IFA para o Butantan há quase 1 mês. Segundo o instituto, a entrega do insumo depende do aval do governo chinês.

Com a interrupção do envase, a conclusão da entrega das 46 milhões de doses para o Ministério da Saúde, prevista para o fim de abril, será feita até 10 de maio.

Já foram entregues pouco mais de 40 milhões de doses da CoronaVac ao PNI (Programa Nacional de Imunização). Serão 100 milhões até o fim de agosto, segundo o Butantan.

VACINAÇÃO NO BRASIL

A CoronaVac é a principal vacina contra a covid-19 do PNI. Além dela, é aplicada a vacina de Oxford-AstraZeneca. Ambas exigem duas doses para uma imunização eficaz.

O Brasil aplicou a 1ª dose de vacinas contra a covid em 26.209.032 de pessoas até as 21h30 de domingo (18.abr.2021). Dessas, 9.604.746 receberam também a 2ª dose. Ao todo, foram administradas 35.813.778 de doses no país.

Os dados são das plataformas coronavirusbra1 e covid19br, que compilam dados das secretarias estaduais de Saúde.

O número de vacinados com ao menos uma dose representa 12,3% da população, segundo a projeção para 2021 de habitantes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os que receberam as duas doses são 4,5%.

Dos que tomaram a 1ª dose, 37% já receberam também a 2ª e estão imunizados.

DOSES DISTRIBUÍDAS

De acordo com os dados do LocalizaSUS, o Ministério da Saúde distribuiu mais de 53 milhões de doses aos Estados até as 22h do sábado (17.abr). A plataforma não apresentou novos números até o fechamento desta reportagem.

Governadores têm cerca de 17 milhões de unidades para administrar. Levantamento do Poder360 mostrou que os Estados levam 17,8 dias para aplicar as vacinas que dispõe. A média considera os dados de doses distribuídas do LocalizaSUS e de doses aplicadas do coronavirusbra.

Poder 360


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem