Banner 1

 


O abrigo temporário para pessoas em situação de rua começou a receber na quinta-feira, 22, novos acolhidos. O equipamento voltou a funcionar no Colégio Evangélico Leôncio José de Santana, no Centro de Mossoró. Agora as equipes trabalham com um prontuário único do Serviço Social e da Saúde.

O local conta com um novo protocolo para receber essas pessoas nessa situação. A assistente social Sheyla Pedrosa destaca o novo procedimento de acolhida observou-se experiência anterior. Segundo ela, o protocolo adotado neste momento contempla critérios objetivos.

“Observando a experiência anterior o abrigo provisório, que foi inaugurado no ano passado criamos, um protocolo com critérios objetivos que envolvem questões referentes a saúde do usuário e referente a sua condição social. A partir de aspectos de se ele recebe algum tipo de benefício, se tem alguma comorbidade, se tem alguma deficiência. Então esses são os critérios que estamos usando nesse momento da triagem para receber essas pessoas em situação de rua aqui no abrigo provisório”.

Sheyla Pedrosa explica que as pessoas em situação de rua que procurarem o abrigo temporário vão passar inicialmente por uma triagem e depois são encaminhados para outro setor para serem inseridos ou não.

“Primeiros eles vão passar por uma triagem. Essa triagem é feita por nós assistentes sociais do SEAS, que é o Serviço Especializado em Abordagem Social. Depois eles são encaminhados, aqueles que estão dentro dos critérios serão encaminhados para o acolhimento junto ao pessoal da residência multiprofissional, o pessoal da saúde e a partir daí eles serão inseridos aqui no abrigo”.

O abrigo social temporário conta atualmente com cinco abrigados remanescentes. A assistente social ressalta que nesse momento foram abertas 30 novas vagas, sendo quatro delas reservadas para situações de emergência. O abrigo funciona 24 horas. O equipamento tem enfermeira, fisioterapeuta, assistente social, psicólogo, dentista, nutricionista e médico.

“O abrigo funciona 24 horas. Temos profissionais aqui 24 horas. O acolhimento funciona no horário comercial. As vagas não sendo preenchidas hoje eles ficam disponíveis. Os usuários vão passar pelo abrigo e podem procurar das 07 às 11h e das 13h às 17h para poder passar por essa triagem e serem inseridos ou não. Hoje nós temos cinco abrigados que são remanescentes do abrigo anterior e temos hoje disponível 30 vagas”.

As vagas que não forem preenchidas nesta quinta-feira ficarão remanescentes. As equipes estarão no horário comercial para realizar esse processo de triagem e acolhimento para aquela pessoa que está na situação de rua e deseje receber o atendimento no equipamento.



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem