Banner 1

 


Um caminhão com 175 mil carteiras de cigarros nacionais sem nota fiscal foi apreendido entre os municípios de Rafael Fernandes e Pau dos Ferros, na sexta-feira (26). O material está avaliado em R$ 875 mil, e seria distribuído em cidades da região Alto Oeste do Rio Grande do Norte.

Essa foi uma das maiores apreensões de cigarros feitas pela Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) - sendo a maior de 2021 - e precisou de um esquema especial de escolta para levar a carga a um lugar seguro, com o intuito de evitar possíveis saques ou outros delitos. Para isso, teve o apoio da Polícia Militar.

Os auditores fiscais identificaram problemas nas notas fiscais, que só permitiam distribuição interna no Ceará. No caso, os compradores sonegaram o imposto a ser recolhido no Rio Grande do Norte, que totalizaria R$ 385 mil.

Esse tipo de crime contra a ordem tributária tem impacto direto nos cofres públicos do estado. O Rio Grande do Norte registra perdas de arrecadação da ordem de mais de 50% nos últimos cinco anos devido à distribuição ilegal desse produto. O montante anual caiu de R$ 64 milhões em 2016 para R$ 33 milhões em 2020.

G1/RN



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem