Banner 1

 


A Prefeitura Municipal de Mossoró está desenvolvendo planejamento para reforma da Central de Abastecimento Prefeito Raimundo Soares (Cobal). Na manhã de sexta-feira, 26, equipes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDAT) e Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB) realizam visita técnica no equipamento público.

Neste primeiro momento, as equipes do Município conferiram as condições de estrutura da Cobal para que a partir daí seja elaborado o projeto. “O objetivo da nossa visita é fazer um levantamento inicial para a reforma que iremos fazer aqui. Estamos com a equipe de arquitetos e engenheiros observando a estrutura com objetivo de traçar as melhorias físicas e de layout”, destacou Franklin Filgueira, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico.

Nesta fase, ainda foram identificadas áreas que necessitam de melhorias no que diz respeito ao fluxo de permissionários, clientes e mercadorias. “A nossa pretensão é desenvolver um projeto que abranja todos esses problemas verificados para que possamos tornar o equipamento mais viável para a comunidade”, acrescentou Franklin Filgueira.

Brenno Queiroga, secretário municipal de Infraestrutura também visitou a Cobal na manhã de sexta-feira. “Aqui é onde está a turma que produz, gera emprego e renda, alimenta Mossoró. É um ponto crucial, onde o prefeito pediu prioridade máxima. Nós estamos com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para elaborar o melhor projeto possível, escutando os permissionários, população, escutando o sentimento de quem aqui trabalha. O objetivo é funcionar dentro dos padrões atuais, inclusive sanitários”, explicou.

A reforma na Cobal é vista com bons olhos pelos comerciantes que aguardam ansiosos pela obra. “A Cobal hoje precisa de uma grande reforma. Na minha opinião, é preciso melhorar as condições dos banheiros, estacionamento, entradas. Passamos por certos constrangimentos, pois muitos espaços precisam de manutenções. Estou há três anos aqui e ainda não foi feito nada. A obra é importante para atrair os clientes de volta”, disse o comerciante Pedro Moreira.

Ubiraci Martins possui comércio de especiarias, trabalha há três anos na Cobal e também aprova uma reforma no equipamento. “A Cobal está precisando de reforma há muito tempo. Eu acredito que com a reforma irá chamar atenção de muitas pessoas. Vai melhorar porque atrairá gente de fora, melhorando muitas coisas”, contou o comerciante.

Além da Cobal, o poder público municipal ainda planeja obras para o Mercado Público Central. “No Mercado Central também faremos o mesmo trabalho de levantamento para encaminhar a reforma que irá se concentrar na parte estrutural, num equipamento que possui um valor histórico para a cidade. Iremos fazer esses levantamentos e em seguida licitar para executar essas duas obras”, concluiu o secretário da SEDAT.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem