Banner 1

 


Mossoró aderiu ao consórcio de municípios lançado pela Federação Nacional de Prefeitos (FNP) para compra de vacinas da Covid-19. O colegiado intermunicipal dará suporte às cidades brasileiras, caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Governo Federal, não consiga suprir a demanda nacional por vacinas.

A adesão de Mossoró estava em processamento, assim como a de centenas de municípios no Brasil, segundo a secretária municipal de Saúde, Morgana Dantas. Ela lamenta a divulgação em mídias sociais que Mossoró teria perdido o prazo para adesão.

“É prudente e responsável que as pessoas, antes de divulgar informação dessa magnitude, certifiquem-se dos fatos para evitar disseminar inverdades”, recomenda.

Notícias falsas como essas, segundo ela, só confundem a opinião púbica e tumultuam o já conturbado ambiente da pandemia, favorecendo a desinformação. “Temos profissionais de saúde exaustos, trabalhando 24 horas por dia. O momento é de cooperação, e não o contrário”, frisa.

O prefeito Allyson Bezerra lembra ter abordado a importância da adesão ao consórcio, em reunião remota por ele mobilizada com cerca de 20 prefeitos e secretários de Saúde da região Oeste, terça-feira (2).

“Mossoró aderiu ao consórcio intermunicipal e, no momento oportuno, estará apto para participar da aquisição de vacinas. A vacinação em Mossoró segue de forma organizada, imunizando os idosos, sem filas, cumprindo todas as diretrizes técnicas”, garante.

Com informações da Secom


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem